"Ser testemunha do amor de Deus crucificado,

sendo filho da serva de Deus"

Comunidade Maria Nossa Mãe

Mistérios Gloriosos

30 JAN 2017
30 de Janeiro de 2017

Todo o Rosário inicia-se com o Sinal da Cruz (Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo).

 Logo após segurando o Crucifixo do terço reza-se o Credo

CREIO EM DEUS PAI Todo-poderoso, Criador do céu e da terra e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai Todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna. Amém.

Reza-se o Pai Nosso

PAI NOSSO, que estais nos céus, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade, assim na terra como no céu. O PÃO NOSSO de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. Não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

 Em cada uma das 3 contas pequenas reza-se:

AVE MARIA, cheia de graça, o Senhor é Convosco; bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o Fruto do Vosso ventre, Jesus. SANTA MARIA, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte./ Amém.

 No intervalo entre estas 3 contas e a próxima conta grande, reza-se:

GLÓRIA AO PAI, ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ó MEU JESUS, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas para o céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.

 Após este momento inicial se rezará 5 mistérios constituídos por um Pai Nosso, 10 Ave-marias e um Glória à Trindade.

No Primeiro Mistério Glorioso contemplamos a Ressurreição de Jesus

Na madrugada de domingo, depois da Paixão, as santas mulheres ao chegarem ao Santo Sepulcro com os aromas, encontraram os guardas romanos atemorizados e viram removida a pedra lavrada com que o sepulcro fora fechado. Dois anjos se lhes apresentaram dizendo: “Por que buscais entre os mortos o que vive? Não está aqui. Ressuscitou. Lembrai-vos do que disse quando ainda estava na Galiléia: que era preciso que o Filho do Homem fosse entregue às mãos de homens pecadores, que fosse crucificado e ressuscitasse ao terceiro dia.”

No Segundo Mistério Glorioso contemplamos a Ascensão de Jesus ao Céu.

Por espaço de quarenta dias, Jesus apareceu várias vezes na terra a seus discípulos. Depois, reuniu-os no monte das Oliveiras para a despedida: “E o Senhor Jesus, depois de lhes ter falado, foi arrebatado ao céu e se sentou à destra de Deus.” No céu, está Jesus como juiz e advogado nosso junto ao Pai, até que volte para julgar aos vivos e mortos. Mas ainda mesmo depois da Ascensão, os discípulos se sentiram fortalecidos pela presença de Jesus, pois seu corpo e sangue permaneceram sob as espécies eucarísticas.

No Terceiro Mistério Glorioso contemplamos a Vinda do Espírito Santo sobre Nossa Senhora e os Apóstolos.

A Santíssima Virgem e os Apóstolos estavam reunidos no Cenáculo no dia de Pentecostes. “E lhes apareceram línguas divididas, como de fogo, pousando sobre cada um deles.” O Espírito Santo transformou os Apóstolos, fazendo não somente que cressem, mas também que difundissem o Evangelho do Senhor em todos os idiomas, e de tímidos e ignorantes pescadores se transformaram em valentes e sábios evangelizadores. Este primeiro dia de Pentecostes é tradicionalmente considerado o dia natalício da Igreja.

No Quarto Mistério Glorioso contemplamos a Assunção de Maria ao Céu.

Arrebatada por coros de anjos, Nossa Senhora se reuniu no céu ao Senhor Jesus, pois era Maria aquela mulher escolhida em cujo corpo virginal se encarnou o Verbo Divino. Como seu Divino Filho, deveria Nossa Senhora ficar imune de toda e qualquer corrupção, mesmo física. Em virtude da recepção de cristo na Eucaristia e de nossa união com Ele no Corpo Místico, também nossos corpos se tornam sagrados. Esforcemo-nos por preservá-los do pecado e por mantê-los como autênticos templos de santidade, sempre prontos a receber o Espírito Santo.
No Quinto Mistério Glorioso contemplamos a Coroação da Santíssima Virgem.

A Santíssima Virgem foi proclamada pelos coros dos anjos e santos Rainha e Imperatriz da criação, Medianeira de todas as graças e Co-redentora do gênero humano. Nossa Senhora nos espera no céu para nos oferecer a coroa da vitória, quando tivermos lutado o bom combate e merecido nosso prêmio espiritual. Também nós podemos oferecer uma coroa a Maria, uma coroa de orações, isto é, o Santo Rosário com que enaltecemos suas glórias e invocamos sua intercessão. Rezemo-lo, pois, com devoção para que nossa coroa seja digna da Santíssima Virgem.

Voltar

  
Maria Nossa Mãe

Entre em contato

                                     (83) 3023-0724
                            filhosdaserva@uol.com.br
Rua: Francisco Florêncio da Costa, 701 Expedicionários - João Pessoa- PBCEP: 58041-150

Redes Sociais

Comunidade